Blog

Home Blog SEO O que o seu posicionamento no Google afeta nos...

Todos os dias pessoas têm problemas para serem resolvidos.

Seja no âmbito pessoal, profissional, familiar, problemas sempre existirão e o papel fundamental de qualquer negócio é resolver os problemas dos seus consumidores.

Agora imagine qual é a forma mais natural que os consumidores tentam resolver seus problemas. A resposta é: PESQUISANDO.



Hoje em dia, quando alguém tem uma necessidade ou um desejo, é natural que a primeira atitude que ele vá tomar é pesquisar. Se, por exemplo, a sua empresa resolve problemas financeiros para os seus clientes, quando uma pessoa que está tendo problemas financeiros sente a necessidade de resolver esse problema, com certeza você vai querer que ele tenha sua empresa dentro das opções que ele procura, certo?

Para que sua empresa esteja entre as opções encontradas pelo consumidor, seu negócio precisa estar bem posicionado no Google, que é a principal ferramenta de busca hoje em dia.

Uma das formas de ser encontrado pelos consumidores é através das plataformas de presença digital. Pra isso, é essencial ter um website, um blog ou até mesmo um e-commerce, onde os consumidores conseguem conhecer sua marca, tirar suas dúvidas sobre a sua empresa e perceber se ela pode ajudar ou não naquele problema.

Caso contrário, se você não tiver nenhuma dessas plataformas, a visibilidade da sua marca não será tão boa quanto poderia, e a possibilidade de ter milhares de pessoas que têm os mesmos problemas que sua empresa resolve, mas que acabam não encontrando sua marca, é imensa!

Levando em conta que sua empresa já possua um site, responda, por favor:

Você sabe como aumentar a visibilidade do seu site e melhorar o tráfego de consumidores para o seu negócio?

Se você respondeu não, continue a leitura que vamos explicar algumas práticas para melhorar o posicionamento do seu site no Google e começar a gerar resultados. 

Vamos lá?

1. SEO e AdWords: por que você deve prestar atenção neles?

Imagine o usuário fazendo uma pesquisa no Google, ele provavelmente vai digitar o problema que ele está tendo e que quer resolver. Com isso, vai inserir os termos que ele quer que apareçam os resultados. Isso parece óbvio, mas é aqui que entra a sua estratégia com as palavras-chave.

                                                                                                                                                                                    Cadê?


Para melhorar seu ranking no Google e aparecer nas primeiras páginas, existem duas ferramentas que você pode aplicar: SEO e Google AdWords.

SEO é a sigla para search engine optimization, que significa otimização para mecanismos de busca. Com ele, as pessoas chegam ao seu site de forma orgânica, ou seja, sem precisar de mídia paga para aparecer nos resultados de busca.

Basicamente, o bom posicionamento de SEO no Google aumenta as visitas no seu site, o que consequentemente ajuda a aumentar o tráfego e cada vez mais pessoas conhecerem os seus produtos e serviços.

Assim, otimizar o seu conteúdo para mecanismos de busca é uma estratégia de marketing que ajuda nos seus resultados de longo prazo.

Já o Google AdWords, também conhecido como links patrocinados, é uma ferramenta de mídia paga onde você também utiliza como base a escolha de palavras-chave. Essa ferramenta melhora as chances de ter resultados mais rápidos, de elevar o tráfego do seu site instantaneamente, e, com isso, aumentar a visibilidade do que sua empresa oferece a partir do momento da compra do anúncio.

SEO e AdWords andam de mãos dadas e ambas ferramentas ajudam a gerar tráfego para a sua plataforma, pois são estratégias com a mesma base, porém uma para curto prazo e a outra para longo prazo.

Para que sua estratégia tenha ainda mais efetividade, separamos algumas boas práticas de posicionamento no Google e o que você precisa saber para melhorar seus resultados.

2. Tenha um site que carregue rápido

O tempo que seu site demora para carregar influencia na experiência do seu usuário com a sua marca. Esse é um dos principais fatores que o Google leva em consideração na hora de posicionar o seu site. 

O motivo é que o Google quer direcionar os usuários apenas para sites com qualidade e que eles não percam tempo durante a navegação.  Por isso que investir em experiência do usuário e fundamental.

3. Tenha um site responsivo

Smartphones dominam o acesso à internet, por isso o Google melhora a posição de sites que sejam responsivos, ou seja, que se adaptam à qualquer dispositivo, sejam celulares, tablets ou computadores. Assim, quando as buscas são feitas por celular, vão aparecer nos primeiros resultados os sites que tiverem a melhor pontuação relativo à responsividade.

4. Ofereça boa usabilidade

A usabilidade do seu site também é fator que o Google analisa para ranqueá-lo nas buscas.

Ela interfere no tempo de permanência, visualização e na taxa de rejeição do site. Então, se a usabilidade do seu site não for boa, seus usuários não irão permanecer muito tempo no seu site e, com isso, o Google entende que seu site não é relevante o suficiente e vai prejudicar o seu posicionamento orgânico.

5. Crie conteúdo original com as palavras-chave

Sabia que o Google penaliza seu site se tiver conteúdo copiado de outro lugar? Ele sabe identificar quando um texto é cópia e, como consequência, rebaixa o posicionamento da página copiada. Então crie conteúdos autênticos e proprietários, que sejam verdadeiros e autorais, para que você não seja penalizado, ou até mesmo seja acusado de plágio.

6. Otimize seu conteúdo

Não basta ter conteúdo no seu site, ele precisa ter qualidade, e isso quer dizer que os textos precisam ser bem escritos. O Google pode sinalizar como spam sites com erros de ortografia e gramática.

 Além disso, o que ajuda no seu posicionamento SEO é inserir a palavra-chave nos seus textos e nos títulos ao longo do texto. Colocar conteúdo multimídia com tags alt e renomeadas com a palavra-chave dão um up na sua posição orgânica.

Conclusão

Até aqui você já deve ter entendido que o grande segredo é identificar o que seu público está pesquisando para então usar as palavras-chave de forma estratégica no seu conteúdo.

Se você entende que SEO e AdWords podem ser boas estratégias para o seu negócio, comece o quanto antes e esteja à frente melhorando seu ranking no Google de forma consistente e relevante.

Com toda certeza, isso vai afetar a visibilidade da sua marca e você pode ter ótimos resultados.

Curtiu as dicas? Então aplique-as e lembre-se que o Google está sempre trazendo atualizações tanto para dar cartão vermelho para quem não otimiza SEO como para quem realmente quer utilizar a ferramenta de forma inteligente.

Comentários