Blog

Home Blog Inbound Marketing Por que você deve investir em e-mail marketing

Com a evolução da Internet, o e-mail tornou-se o nosso endereço virtual para diversas ações do dia a dia, não restringindo-se a somente um correio eletrônico. O uso do e-mail que atinge 92% dos adultos usuários da Internet, conforme dados de uma pesquisa elaborada pela Pew Research (2011).

Dentro deste contexto do uso do e-mail, temos o e-mail marketing, que em poucas palavras é um canal de envio de mensagens para comunicação direta com o outro e-mail.

Através do e-mail marketing, as empresas enviam as suas ofertas, descontos e até mesmo conteúdos para o público-alvo que está na base de contatos, resumidamente falando.  

Tiro certeiro!







Entendendo o que é e-mail marketing

Nos primórdios do seu uso como ferramenta de marketing digital, o e-mail marketing foi muito tachado como um folheto enviado de forma online, e não através da entrega tradicional, por exemplo.

Com o passar dos tempos foi se desconstruindo essa ideia do e-mail marketing, e ele começou a ser visto como um meio de se comunicar com os clientes de maneira mais íntima através da troca de mensagens.

No marketing digital, o e-mail marketing tem como principal benefício ser enviado na caixa de e-mail do seu cliente, na hora certa que você quiser, e isso se deve graças e não exclusivamente, às ferramentas de automação de marketing.

Os exemplos mais clássicos de e-mail marketing são os seguintes:

Newsletter

A newsletter é enviada para a base de contatos, e tem como característica principal a diversidade de conteúdos. Quando um cliente assina a sua newsletter ele passa a receber diferentes e-mails da sua empresa, normalmente aqueles de atualizações e novidades sobre o seu mercado. Nada muito comercial e especifico.

A newsletter é tida como uma das importantes formas de e-mail marketing, visto que atinge todos os estágios do funil de vendas, e em momentos diferentes da jornada de compra do cliente.

E-mail promocional

Tem como objetivo a divulgação de uma oferta, apesar de o nome sugerir a oferta de produtos ou serviços físicos, nessa categoria também entram produtos gratuitos e virtuais, como, por exemplo, o download de um e-book ou um infográfico.

E-mail transacional

É aquele e-mail que o cliente já espera receber, visto que eles são e-mails de troca de senha, confirmação de compra, etc. Servem como uma espécie de auto resposta para uma ação ou transação, eles são muito utilizados pelas empresas de e-commerce. Geralmente esses tipos de e-mail são gerados por ferramentas de automação.

E-mail personalizado

Serve como uma estratégia de envio de mensagem personalizada para cada tipo de cliente. Na maioria das vezes, são muito utilizados gráficos, imagens e textos curtos, como artifícios visuais para conquistar e prender a atenção do destinatário.

Neste tipo de estratégia são enviadas mensagens de aniversário, datas comemorativas, felicitações em geral, com o objetivo principal de fazer com que os seus leads e clientes sintam-se lembrados pela sua empresa.

Mas afinal, por que usar e-mail marketing?

De acordo com uma pesquisa elaborada pelo The Radicati Group (2016), em 2020 estima-se que o uso de e-mail em todo mundo atingirá 3 bilhões de usuários, esse número representa, atualmente, mais de um terço da população mundial.

Outra estatística marcante sobre o uso de e-mail marketing, apresentada pela Statista (2015) diz que 86% dos consumidores gostariam de receber e-mails promocionais de empresas com as quais fazem negócios pelo menos uma vez por mês, e 15% gostaria de recebê-los diariamente. O que nos mostra que, apesar de parecer “velho”, este tipo de contato é muito utilizado e procurado pelos clientes.

Para saber quais os principais ganhos de implementar o uso de e-mail marketing na sua empresa, confira os principais motivos abaixo:

Alcance

Apesar de não ser muito comentada, essa ferramenta é a mais utilizada na Internet. A partir do momento em que a sua empresa cria a sua base de contatos, com o passar do tempo, é possível interagir com um número muito alto de pessoas com um custo muito baixo, através do disparo de e-mail marketing.

Um exemplo prático sobre o alcance de usuários com o e-mail marketing é em relação ao alcance com um post no Facebook. Devido às mudanças sobre alcance no algoritmo do Facebook, nem todas as pessoas que seguem a sua página verão os seus posts, pois ele determina quais mensagens são as mais relevantes para cada tipo de usuário da rede.

Ou seja, você investe um valor X, mas não tem o controle de quantas pessoas realmente irão visualizar o seu post. Já no e-mail marketing é diferente, pois ele tem um alcance previsível e você sabe exatamente quantas pessoas foram atingidas.

Por exemplo, se você selecionar 100 endereços de e-mail para enviar uma mensagem, praticamente todos estes endereços receberão o seu e-mail. A partir da sua base de contatos você determina o tamanho do alcance que terá aquele disparo e-mail marketing.

Segmentação

Para criar uma comunicação mais direta e de maneira inteligente, segmentar a sua base de e-mails é a melhor opção. Segmente os seus leads e clientes com base em diversas informações, como, localidade, interesses, produtos, serviços. Um exemplo de segmentação no e-mail marketing é o envio de sugestões de produtos que poderão complementar aquele que o cliente comprou.

Em um e-commerce por exemplo, se a loja vende artigos esportivos, e o cliente fez a compra de uma camiseta de time de basquete, logo, o melhor tipo de conteúdo para enviar deverá ser relacionado à prática de basquete.

Personalização

Uma das principais vantagens do e-mail marketing é a comunicação mais próxima ao cliente, uma vez que você pode chamá-lo pelo nome. Pode parecer apenas um detalhe, mas é um detalhe que faz muita diferença e faz o leitor se sentir ainda mais próximo da sua marca.

Tratar o seu cliente e até mesmo os seus leads de maneira personalizada traz mais engajamento para os seus e-mails, conteúdos, site e marca. Conforme uma pesquisa feita pela HubSpot, 2014, os e-mails que incluíam o primeiro nome do destinatário em sua linha de assunto tiveram taxas de cliques mais altas do que os e-mails que não possuíam essa personalização.

Também, conforme a Adestra, 2015, as linhas de assunto do e-mail que incluem a palavra “obrigado” tem os níveis de envolvimento muito acima da média. Podem parecer pequenos detalhes, mas que são muito importantes! Através deles muitos usuários poderão marcar o seu contato como confiável.

Automação

Com a automação de marketing é possível enviar o e-mail certo, para a pessoa certa, no momento certo. É possível criar automações com base nas ações do lead/cliente em seu site, como, por exemplo, o download de um material ou até mesmo o clique em um link específico.

A partir dessas ações, combinadas com a personalização dos e-mails e a segmentação dos leads, o processo de automação permite um engajamento, maior ainda, com o público.

Fazer testes A/B

Assim como nas redes sociais, é muito importante fazer testes com o disparo de e-mails, a partir deles você saberá qual o melhor horário ou dia da semana para enviar e-mails.

Os testes mais comuns de e-mail marketing são os assuntos, horários e até um corpo de e-mail diferente, farão com que você conheça melhor a sua base de Leads e o que é melhor para cada um deles.

Análise de Métricas/ROI

No momento em que a sua empresa aderir ao uso de e-mail marketing, é muito importante que sejam utilizadas plataformas próprias para o gerenciamento desse tipo de estratégia.

Ao enviar um e-mail sem a utilização de uma plataforma de gerenciamento de e-mail marketing, não é possível analisar qual o resultado dessa ação, uma vez que você não conseguirá saber quantos e-mails foram abertos, entregues, clicados, entre outras métricas.

No e-mail marketing, analisar as métricas é extremamente importante para a verificação taxas de entrega, abertura, cliques, por exemplo. Além de ter o controle de quais contatos desfizeram o cadastro, ou até mesmo te marcaram como spam. Tome muito cuidado com isso!

Aumento de vendas

A implementação do e-mail marketing acaba trazendo como boa consequência, o aumento das vendas. E isso só é possível por meio de uma boa estratégia de conteúdo, relacionamento e envios. Lembre-se daquele ditado “quem não é visto, não é lembrado”.

No momento em que você envia um e-mail marketing para os clientes e Leads é muito provável que você receba pedidos de orçamento, propostas, dúvidas. E é nessa hora que entra a importância de um bom relacionamento, seja atencioso com o cliente, demonstre propriedade no assunto em questão, enfim, mostre para ele que a sua empresa está muito bem preparada para atendê-lo.

Pós-venda

O pós-venda no marketing digital é uma etapa muito importante e que deve ser avaliada com atenção. Não importa o que você venda, o pós-venda é uma ação que tem como objetivo manter a satisfação dos seus clientes, a fim de que os mesmos lembrem-se de você na hora de fazer novas compras.

Através do e-mail marketing mantenha contato, faça pesquisas de satisfação, enfim, mantenha uma boa relação para gerar mais e mais vendas.

Redução de custos de marketing

Neste ponto não entra em questão somente a parte financeira, mas também, a produtividade e o tempo. Com uma estratégia bem definida de nutrição de leads e clientes é possível comunicar-se de maneira eficiente e relevante com o público.

Então, uma comunicação clara e estratégica torna o trabalho ágil, assertivo e com um envolvimento menor de tempo e de pessoal para corrigir possíveis erros.

CONCLUSÃO

O uso do e-mail é muito presente no cotidiano das pessoas. Numa estratégia de marketing digital ele serve como base para o sucesso de muitas empresas, principalmente aquelas que utilizam o sistema de e-commerce, ou que vendem serviços complexos, que demandam mais de uma interação com o cliente para fechar a venda.

O surgimento de novas redes sociais é uma constante no mundo digital. A cada dia são disponibilizadas novas redes, com mais recursos, objetivos diferentes e assim por diante. O que implica possíveis quedas repentinas, aquelas do dia para a noite. Por esse motivo, é preciso tomar cuidado para não focar 100% dos esforços de marketing somente nas redes sociais, salvo em casos específicos.

O e-mail é um meio de envio de mensagens que, por mais que não seja tão famoso, ainda está na ativa, visto que com ele é possível efetuar diversas ações diretas com o público-alvo. 

Pense muito bem no risco de investir somente em estratégias que apresentam o risco de serem excluídas de uma hora para a outra.

Quer saber mais sobre o assunto, entre em contato com o Navio e saiba como podemos ajudar o seu negócio!

Comentários